Governo troca “número dois” do GSI; general José Nigri assume o cargo

postado em 24/01/2023 12:32 / atualizado em 24/01/2023 14:03

 (crédito: Reprodução/Exército Brasileiro)


(crédito: Reprodução/Exército Brasileiro)

O governo federal trocou o secretário-executivo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) em decisão publicada na noite desta segunda-feira (23/1) em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). O cargo é o segundo na hierarquia do órgão, responsável pela segurança da Presidência da República, e era ocupado pelo general Carlos José Russo Assumpção, indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). O novo “número dois” da pasta será o general Ricardo José Nigri.

A mudança ocorre após os ataques do 8 de janeiro e a desconfiança de participação — e conivência — de militares com os atos golpistas. Até semana passada, o governo federal havia exonerado 60 militares do GSI. O general Assumpção, que atuava como secretário-executivo do órgão, é considerado homem de confiança do general Augusto Heleno, que comandava o GSI no governo Bolsonaro.


O general Nigri era chefe de Missões de Paz e Aviação e Inspetor-Geral das Polícias Militares. Ele já foi oficial de gabinete do ex-comandante do Exército, general Eduardo Villas-Boas, entre 2016 e 2019. A troca no GSI foi assinada pelo presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), e pelo ministro da Defesa, José Múcio. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está em viagem à Argentina.

No fim de semana, Lula trocou o comando do Exército, assumido pelo general Tomás Ribeiro Paiva. Nesta terça (24), o novo comandante convocou a primeira reunião com o alto comando do Exército para falar sobre as diretrizes para a Força.

Exonerado do cargo de secretário-executivo do GSI, o general Carlos José Russo Assumpção se torna adido ao gabinete do comandante do Exército.

O governo trocou também o comando da Secretaria de Segurança e Coordenação Presidencial do GSI, que passa do general Carlos Feitosa para o general Marcius Cardoso Netto. A área é responsável pela segurança dos prédios da Presidência. Feitosa passa a ser o chefe da Assessoria de Planejamento e Gestão do Departamento-Geral de Pessoal.

Cobertura do Correio Braziliense

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Correio Braziliense nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!